Espaço de reflexão sobre os Direitos Humanos. Em pleno século XXI, a humanidade encontra-se longe de atingir o respeito e a salvaguarda dos Direitos Humanos. Cada um de nós deve contribuir para alterar esta situação!
Segunda-feira, 4 de Dezembro de 2006
Contrastes

  

 

No âmbito da disciplina de Área de Projecto, o nosso grupo está a desenvolver o tema relativo aos Direitos Humanos, nomeadamente, os contrastes entre os países desenvolvidos e os países em vias de desenvolvimento.

O nosso trabalho foca aspectos que tornam o mundo desigual a nível económico, tecnológico, da educação, habitação, trabalho e de saúde.

Nos países desenvolvidos verificamos que toda a população tem acesso aos meios tecnológicos, pelo contrário, nos países em vias de desenvolvimento esse acesso é muito restrito. Um dos problemas que o avanço da tecnologia causou foi a elevada taxa de desemprego e a falta de formação destas populações.  

A nível educacional, nos países desenvolvidos a taxa de analfabetismo é, em geral, reduzida. Pelo contrário, o mesmo não se verifica nos países em vias de desenvolvimento onde as condições de acesso à educação são deficitárias, devido à falta de infra-estruturas, de docentes e sobretudo devido à falta de investimento dos governos na educação como forma de estimular o desenvolvimento.

Juntando a estes factores, destacamos as condições financeiras das famílias que obrigam um elevado número de jovens e até mesmo crianças a ingressarem no mercado laboral, para sobreviverem, abandonando precocemente a escola. Nestes países o trabalho infantil é um problema social grave, os direitos das crianças são permanentemente desrespeitados. A habitação é também um meio de discrepância entre os países ricos e pobres. Relativamente aos países pobres existe a falta de infra-estruturas básicas como saneamento, água potável e electricidade.

Em termos de saúde verifica-se, mais uma vez, a desigualdade, sendo que, nos países desenvolvidos o acesso da população a este meio é genérico, enquanto que nos países mais pobres é muito restrito e deveras precário. Para além de não existirem cuidados de saúde primários, o diagnóstico e despistagem de doenças são inexistentes. Ao longo do trabalho temos encontrado algumas dificuldades. Em relação às dificuldades podemos salientar os obstáculos na selecção da informação. Mas nem tudo é negativo… Com a realização deste trabalho, estamos a constatar como em pleno século XXI ainda existe imensa miséria no nosso Mundo, tanto para fazer... Alguém tem de promover a mudança…

                                           Cátia Fernandes, Elsa Silva, Lúcia Amorim, 12º G


sinto-me:

publicado por direitos-humanos às 12:59
link do post | comentar | favorito
|

9 comentários:
De direitos-humanos a 22 de Janeiro de 2007 às 12:51
O vosso tema é muito importante para as pessoas que vivem num país dito desenvolvido como o nosso, perceberam que noutros países menos desenvolvidos existe muitas dificuldades tanto a nível económico, como tecnológico....
Com o vosso trabalho, muitas pessoas que estão esquecidas ou ignoram os problemas de outras países vão cair em si, e vão ficar a pensar.....
Bom trabalho!!!
Rosana Vale nº16


De direitos-humanos a 21 de Janeiro de 2007 às 11:02
Acho que o vosso trabalho também é um bom tema ,ou seja, por vezes a maioria das pessoas não sabem ou não se dão ao trabalho de ver que há uma desigualdade perante a sociedade de hoje é uma boa forma de nos alertar para os contrastes existentes na sociedade.
Por isso um bom trabalho. Lurdes Lopes 12g .


De direitos-humanos a 2 de Janeiro de 2007 às 17:54
Este trabalho está a ser deveras gratificante para mim e penso que para o resto do grupo também...
De facto é impressionante e também preocupante a situação de miséria existente no nosso mundo! Enquanto que numa parte do mundo há o consumo exagerado, noutra existem aquelas populações que vivem na pobreza extrema, sem dinheiro para bens essenciais como, por exemplo, a alimentação.
Porque é que os países ditos desenvolvidos não se unem para ajudar os não desenvolvidos? Se a miséria no mundo terminasse tudo seria bem melhor!

Elsa Silva 12ºG


De direitos-humanos a 28 de Dezembro de 2006 às 21:28
Após a leitura deste texto constatei que o vosso tema é muito importante pois faz referência a uma realidade vivida hoje em dia, ignorada por uns e sofrida por outros. Graças às facilidades de vivermos num país desenvolvido há uma menor preocupação com os recursos económicos que gastamos quando existem pessoas no mundo que poderiam viver em bem melhores condições apenas com os nossos excessos.
Nuno Costa N.º 13 12ºG


De direitos-humanos a 28 de Dezembro de 2006 às 11:31
Felizmente eu faço parte de um pais dito desenvolvido, pois se não tivesse nascido num, a minha vida com certeza seria muito mais difícil , e nem sei se teria sobrevivido.
E porque que digo isto, porque as dificuldades e carências porque a maior parte dos países ditos em vias de desenvolvimento passam são enormes. O estado de pobreza e de carência das coisas mais básicas para a sobrevivência humana são enormes.
Mas o que revolta mais, é que os países mais ricos, desenvolvidos, têm a capacidade de poder acabar com estas desigualdade, mas não sei porque, talvez por orgulho, frieza, egoísmo , questões de dinheiro, não sei, não fazem nada, e os que fazem de pouco serve, mas sempre vão fazendo. Como se diz "Mais vale pouco, que nada".
Espero que um dia essas desigualdades acabem.
Miguel da Cunha Pereira
Nº 12 12º G


De Nuno Costa N.º13 12º G a 27 de Dezembro de 2006 às 22:02
Após a leitura deste texto verifico que o vosso tema é delicado pois existe uma diferença colossal entre os países desenvolvidos e os países em vias de desenvolvimento. Enquanto nós gastamos recursos económicos sem nos preocuparmos muito com esse facto, existem pessoas a viver em condições precárias não tendo muitas vezes os recursos fundamentais para a sua própria alimentação/sobrevivência.


De direitos-humanos a 25 de Dezembro de 2006 às 23:49
De facto são cada vez maiores os contrastes no mundo a todos os niveis... Há cada vez mais uma maior divisão entre os países ricos e os países pobres e isso torna o nosso planeta muito "feio"... Enquanto que nos países ricos há o consumo exagerado, nos países pobres grande parte das populações nem dinheiro para bens de primeira necidade têm...Isso, sem dúvida nenhuma, é muito triste e é pena que não haja ninguem capaz de tentar mudar esta situação de desigualdade.
Lúcia Amorim 12ºG


De direitos-humanos a 19 de Dezembro de 2006 às 22:51
Pois...de facto ainda hoje nos deparamos pelo mundo fora com imensa pobreza.Era bom que cada um de nóa toma-se um pouco de consciencia e pensar que existem imensas familias por este mundo fora que nessecitam da nossa ajuda...vamos parar um pouco para pensar e melhorar este mundo que percorre pela miseria..vale a pena pensar nisto, nao custa nada...
Joana Alves 12ºG Nº7


De direitos-humanos a 17 de Dezembro de 2006 às 22:34
Por vezes nós não pensamos bem naquilo que se passa no nosso mundo, pois "neste lado do mundo" não é muito frequente depararmo-nos frequentemente com situações menos agradáveis...
Parece-nos tudo uma "mar de rosas"!Mas...não é bem assim...Existem pessoas neste mundo com muito pouco para viver, com imensas dificuldades! Como será possível existirem pessoas com muitas possibilidades e outras...enfim...com tão poucas!!!??
Será que um dia isto vais mudar? Só depende d todos nós...darmos um pouco de nós, ajudar aqueles que mais precisam!!!!


Cátia 12ºG


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

...

A imigração como factor d...

10 de Dezembro, dia dos D...

Direitos da Mulher

Os Direitos das Mulheres ...

Contrastes

Todos os seres humanos na...

Declaração de Amor aos Ho...

arquivos

Maio 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

links
blogs SAPO
subscrever feeds